segunda-feira, 28 de abril de 2014

NOTÍCIAS DE LÍMBIA: O AMOR



Amam-se profundamente
Estapeiam-se
Humilham-se
Ofendem-se

Amam-se honestamente
Chutam-se
Xingam-se
Escarram-se

Ele, para ela, é o pai presente que não houve
Ela, para ele, é a mãe ausente que não houve

Ela acredita ter o falo
Ele acredita que buraco em sola de sapato é sinal de humildade

Amam-se no incondicional
sadomasoquisticamente

De dia, a convivência é um inferno
De noite, na cama, fazem amor
Desrespeitam o pacto de ódio
cumplicidade

Amam-se como par perfeito
odiando-se eternamente.


*DADOS CARTOGRÁFICOS: Límbia é Real sem existir em lugar algum. Faz-se justiça ao cartógrafo Fabio Herrmann que a define: “Isto é Límbia, terra da ficção verdadeira. Límbia não foi inventada. É a própria invenção.” HERRMANN, F. (2002) A Infância de Adão e Outras Ficções Freudianas. Casa do Psicólogo: São Paulo (p.34).