segunda-feira, 12 de março de 2012

NOTÍCIAS DE LÍMBIA: MALANDRAGEM


O Destino Humano aponta, é Verdade, para a necessidade e (inter)dependência do Outro. Este Outro que se faz na falta da absoluta completude. Por não ser completo, o Ser busca incessantemente o Outro... Destino!!!
A falta, às vezes, pode tomar proporções catastróficas, melancólicas e maníacas... Narciso fez assim... Acabou afogado na própria imagem.

Acredita-se haver outra forma. O cotidiano apresenta um homem que dribla o Destino como Garrincha... Malandragem das boas, diga-se de passagem.
O que seria da Ópera de Chico Buarque sem o Malandro!!!


QUEM NÃO ARRISCA NÃO PETISCA, E QUEM NÃO CHORA NÃO MAMA!!!

Que me desculpem os intelectuais, mas não acredito no que é alienado. Às vezes, a dita “alienação” é malandragem pós-doutorada na Vida.


"Malandro é o gato, que come peixe sem ir à praia!!!" (MOREIRA DA SILVA – o último dos bons malandros)


*DADOS CARTOGRÁFICOS: Límbia é Real sem existir em lugar algum. Faz-se justiça ao cartógrafo Fabio Herrmann que a define: “Isto é Límbia, terra da ficção verdadeira. Límbia não foi inventada. É a própria invenção.” HERRMANN, F. (2002) A Infância de Adão e Outras Ficções Freudianas. Casa do Psicólogo: São Paulo (p.34)